Mortos são inscritos para votar na CGADB




Com mais de 10 mil inscrições irregulares para votar nas eleições da CGADB já canceladas liminarmente em Primeira Instância pela Comarca de Corumbá, GO, o jogo da contra-informação corre solto nas redes virtuais, com o intuito de confundir a cabeça dos que terão a responsabilidade de eleger a nova Mesa Diretora da instituição. Mas infelizmente, para nossa profunda tristeza e amargura, essa é a verdade. A ética foi para o espaço em nome da busca pelo poder a qualquer preço.


Para exemplificar, reproduzo abaixo seis dos 19 "prints" de tela que recebi ontem do interior de São Paulo. Preservo nomes e CPFs para não ferir a privacidade garantida pela Constituição. Mas tenho tudo documentado. São de alguns pastores que tiveram a surpresa de ver os seus nomes inscritos de forma indevida, sem a sua autorização, com números de celulares e emails falsos. Mas o pior vem agora, pasmem leitores do blog. Entre eles há um que está desligado há mais de 10 anos da CGADB e cinco falecidos, com os seguintes nomes e datas: Francisco Fernandes Sobrinho - 24/03/2012, João Lemes de Jesus, 01/01/2006, Sebastião Augusto Mendes, 01/04/2016, Benevides dos Santos (sem data) e Justo Amancio Costa, 2303/2011. É algo nunca visto na CGADB. Ainda assim, a Comissão Eleitoral indeferiu de pronto as representações que levantaram tais irregularidades sem sequer checar as denúncias, razão porque a Justiça teve de ser acionada.


Isso é apenas uma amostra, mas não se trata de caso pontual, como alguns poderão alegar. É o retrato em preto e branco do comportamento generalizado que tomou conta entre os cabeças que conduzem a campanha da situação. Enquanto apelam para Deus, como se ele concordasse com esse jogo escuso, não sentem o mínimo de escrúpulo em inscrever aos mutirões pastores que sequer sabem que estão inscritos, alguns dos quais sequer já não estão mais entre nós. Com que finalidade? Só resta uma hipótese: colocar terceiros para votar no lugar de pastores inscritos irregularmente.


Já passamos do ponto há muito tempo! Estamos pior do que o povo de Israel em seu estado mais degradante. Creio que já transbordamos a taça da ira de Deus, que, sem demora, pode vir sobre nós em forma de juízo. Mas temos uma oportunidade através do nosso voto. Não podemos desperdiçá-la. É hora de dar um basta neste tipo de administração vergonhosa. É hora de dizer que queremos romper com esse ciclo em busca de uma administração sadia e transparente, que transforme a CGADB num instrumento de fato para servir aos pastores e às igrejas.

Chega de autoritarismo na CGADB!













Marcadores:
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/pralexsandrocosta} {twitter#https://twitter.com/iadmps} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+ALEXSANDROCOSTAPR} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCLIBLkxeaLQZA9uP1ob99Og}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget