Denominação histórica poderá se dividir por causa do casamento gay

Metodistas se reúnem para debater o futuro da denominação e continuam empasse
Denominação histórica poderá se dividir por causa do casamento gayDenominação histórica poderá se dividir por causa do casamento gay
“É angustiante para mim que ainda estamos focados em questões menores, como homossexualidade,” disse o reverendo John Hill. “Sei que muitos pensam diferente, mas os verdadeiros problemas a que Jesus nos chamou para confrontar são como alimentar os famintos, e vestir quem está nu. Isso [casamento gay] não é essencial”.
Hill é uma das centenas de pastores que já assinaram uma petição exigindo que a igreja permaneça unida e respeite as opiniões individuais sobre a homossexualidade. Por outro lado, já existe um movimento que defende uma divisão, semelhante ao que ocorreu entre os anglicanos e presbiterianos alguns anos atrás.
Terceiro maior grupo cristão nos EUA, atrás de batistas e católicos, o anúncio gerou impacto entre os evangélicos. A tendência é que o assunto seja tratado de forma cada vez mais aberta, uma vez que a legalização do casamento gay tem trazido problemas constantes para os evangélicos na maioria dos Estados americanos.
A igreja metodista já vem enfrentando um declínio em seus quadros, tendo perdido quase 35% dos membros desde a década de 1970. Tom Lambrecht, um dos principais líderes metodistas antigay, afirma que isso ocorre em grande parte devido ao crescente liberalismo dentro da denominação.
Um dos “estopins” do debate este ano foi o episódio envolvendo a suspensão e posterior expulsão do pastor metodista Frank Schaefer por ter casado seu próprio filho com outro homem em uma cerimônia religiosa.
Isso contraria a posição histórica dos metodistas e seu livro de doutrinas. Contudo, os líderes da igreja nos EUA prepararam um documento chamado “ A Way Forward” [Um caminho a seguir] que propõe uma “terceira via”, que deixaria basicamente que cada congregação tomasse suas próprias decisões.
Mesmo não sendo assinado pela maioria, deverá representar a posição dos metodistas americanos no encontro mundial da denominação que ocorrerá em 2016. Líderes metodistas da África e da Ásia já se manifestaram contrários ao tópico nos outros encontros. Com informações Christian Headlines
via gospel prime
Reações:

Postar um comentário

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/pralexsandrocosta} {twitter#https://twitter.com/iadmps} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+ALEXSANDROCOSTAPR} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCLIBLkxeaLQZA9uP1ob99Og}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget